Começa uma das maiores feiras de Alimentos & Bebidas na Alemanha e produtos com certificação halal ganham maior dimensão

São Paulo, outubro de 2019 – Vai até o dia 9 de outubro um dos maiores eventos de alimentos e bebidas do mundo – a Anuga Cologne – na Alemanha. Para o empresário que deseja conhecer as tendências do mercado e do consumidor, essa é uma das mais importantes feiras que deve participar para buscar e investir em novos segmentos. Uma boa dica é o mercado muçulmano, uma comunidade gigantesca, composta por 1,8 bilhão de pessoas, e que cresce cada vez mais. Para quem não sabe, os muçulmanos consomem somente produtos de boa qualidade com certificação halal – que atesta e respeita à risca as leis islâmicas – ou seja, sem qualquer incidência de álcool ou carne suína.
Neste segmento, o Brasil é hoje o maior fornecedor de proteína animal (carne bovina e aves). Mas, outros alimentos podem ser certificados, como grãos, laticínios, congelados, pães, doces, chocolates e muitos outros. É um segmento extremamente rentável, chegando a movimentar US$ 1,6 trilhão, em 2018, e com estimativa para alcançar US$ 2,9 trilhões até 2024.
“Esse evento é muito importante para o segmento de alimentos e bebidas. Temos acesso aos atuais e futuros cenários em nutrição humana. E a certificação halal tem tomado uma dimensão jamais presenciada antes. Não só o muçulmano, mas a população mundial está mais seletiva, cautelosa e busca qualidade de vida. E, para vivermos mais, precisamos consumir produtos de qualidade. O halal proporciona este bem-estar, porque os produtos são minuciosamente selecionados desde a matéria-prima ao processo logístico. O empresário brasileiro tem muito para oferecer. Somos considerados o celeiro do mundo em alimentação. Mas, precisamos de mais planejamento assertivo e políticas que possam favorecer ainda mais o nosso negócio como agro”, ressalta o diretor-executivo da Cdial Halal, Ali Saifi.
Omar Chahine, gerente comercial e internacional da Cdial Halal, irá representar a certificadora de alimentos, na Anuga, e conta que tem boas expectativas referentes ao que o evento vai a oferecer neste ano. “Há certa expectativa, porque o mercado está em constante mudança o tempo todo. São muitos expositores do varejo, comércio, entre outros, com produtos variados. Será um vento extremamente proveitoso para aqueles atentos ao mercado.”
Existe uma infinidade de produtos que já receberam o selo halal. Confira alguns mercados em evolução.
Chocolates
O chocolate halal vem ganhando espaço especialmente em países muçulmanos, como a Malásia e a Indonésia. De acordo com a Euromonitor International, as vendas globais de produtos de confeitaria de chocolate com certificação halal chegarão a US$ 1,7 bilhão, em 2020, e irão crescer em um ritmo de 5% ao ano.
Padaria
Vários pães e bolos são produzidos com produtos considerados impróprios ou duvidosos pela lei islâmica, como a L-cisteína, que pode ter diferentes origens. Por isso, o setor de padaria e confeitaria com a certificação cresce em todo o mundo e trouxe novidades interessantes, a exemplo do panetone halal.
Refeições prontas congeladas
Para atender a demanda de opções congeladas, já existem empresas brasileiras produzindo lasanhas, pizzas e pratos típicos de cada região seguindo os rígidos critérios de qualidade muçulmanos.
Vantagens da certificação halal para as empresas
Algumas vantagens da exportação desses alimentos são:
Novas possibilidades: a empresa poderá começar a explorar novos mercados ao exportar para diferentes países islâmicos, como Arábia Saudita, Indonésia, Bangladesh, entre outros. Alimentos como carne de frango, carne bovina, frutas, suco de laranja, castanha de caju, entre outros, são muito consumidos nos países árabes.
Mais qualidade: para obter a certificação halal, é necessário adequar os processos de fabricação dos alimentos às rigorosas normas de qualidade, o que se traduz em vantagem competitiva. A empresa será reconhecida por esse diferencial. A certificação halal tem crescido mundialmente justamente por isso. Se antes ela era vista apenas como uma questão religiosa, hoje tem atraído consumidores de todo tipo, independente da nacionalidade e religião.
Aumento na lucratividade: com um leque mais diversificado de consumidores, as vendas e o lucro serão muito maiores.
Mercado brasileiro de alimentos – De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA), o mercado mundial de alimentos e bebidas movimenta bilhões a cada ano. Em 2018, no Brasil, o setor avançou 2,8% em receita ao registrar R$ 656 bilhões, incluindo exportações e vendas para o mercado interno, o que representa 9,6% do PIB. Ainda segundo a associação, também gerou, no mesmo ano, mais de 13 mil postos de trabalho.
Cdial Halal – é uma das empresas com maior credibilidade no segmento de certificação halal do mundo. É a única no Brasil que recebeu a certificação ISO 9001:2015 da ABS Quality Evalutions para frigoríficos de aves e bovinos e produtos industrializados halal. Cresceu focada no seu negócio com atividades relacionadas ao abate de frangos, perus, patos e bovinos, incluindo também produtos industrializados. Saiba mais www.cdialhalal.com.br.
Mais informações:
LN Comunicação
Lucia Nunes – diretora e jornalista responsável
Natielly Santos – auxiliar de comunicação
55 11 3458.7724 / 99968.4105 assessoriadeimprensa@lncomunicacao.com.br

A CDIAL HALAL é referência Global em Certificação Halal e mantém parcerias estratégicas com Empresas de Alimentos de Classe Mundial. Parte relevante de seus investimentos é direcionada à preparação e Qualificação dos Colaboradores, Gestão da Qualidade, Segurança dos Alimentos, bem estar animal, além da constante ampliação da capacidade produtiva para atender as demandas de mercado.
Post criado 76

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
PortugueseEnglishSpanishArabic