Como exportar mais e aumentar sua competitividade no exterior

Sua empresa já exporta produtos para outros países? As exportações são uma excelente opção para empresas que já estão bem estabelecidas no país e desejam expandir sua atuação, diversificando negócios e adentrando novos mercados. Mas, afinal, como é possível conseguir exportar mais e ser competitivo no exterior?

Se você deseja se aprofundar no assunto, está no lugar certo. Continue a leitura e fique por dentro de nossas dicas.

1. Inclua as exportações em seu planejamento

Para que você tenha uma estratégia de sucesso, é necessário que a internacionalização seja parte da cultura de seu negócio, e não apenas uma tática isolada. Dessa forma, ela deve ser inserida no planejamento estratégico, o que garantirá uma visão multidepartamental das exportações.

2. Entenda as peculiaridades dos países

Muito mais do que conhecer o público para o qual você exporta, é preciso compreender a cultura de cada país, o momento pelo qual estão passando, mudanças em suas legislações e todos os fatores que podem afetar sua operação, gerando possíveis oportunidades ou ameaças.

3. Atualize-se sobre as leis vigentes

Não apenas no Brasil, mas em todo o mundo, as leis relacionadas ao comércio exterior estão sempre se atualizando. Dependendo das mudanças, portas podem se abrir e outros negócios podem ser inviabilizados. Dessa forma, é preciso estar atento à legislação e às normas de cada país para identificar riscos e oportunidades e reagir rapidamente.

4. Informe-se sobre países que têm acordo com o Brasil

O comércio entre países que contam com acordos comerciais é muito vantajoso, tanto para quem exporta quanto para os importadores. Isso porque esses acordos podem permitir que haja condições especiais ou isenção do imposto para quem adquire os produtos, o que amplia o acesso do exportador ao mercado exterior.

Sabendo disso, busque conhecer esses acordos e esteja sempre atualizado quanto a novas negociações em andamento.

5. Obtenha a certificação Halal

Atualmente, cerca de 25% da população mundial é muçulmana e só consome produtos Halal. Mas, afinal, o que é certificação Halal? Trata-se do processo em que uma organização islâmica reconhecida certifica a aptidão das empresas em utilizar procedimentos específicos e matérias-primas autorizadas pelo Islã, tornando os seus produtos permitidos ao consumo de muçulmanos.

Com ela, você poderá começar a exportar para diversos países islâmicos. Além disso, ela será uma vantagem competitiva, afinal, os produtos com esse selo são muito mais valorizados em alguns países — mesmo por quem não é muçulmano. Com os consumidores cada dia mais exigentes, produtos com qualidade certificada estão ganhando cada vez mais destaque.

A certificação abrirá novos horizontes para a sua empresa, que poderá alcançar muito mais clientes ao redor do mundo.

O comércio exterior está em constante transformação. Isso requer das empresas uma necessidade de atualização contínua sobre as legislações e normas de cada país para que consigam exportar cada vez mais. Também é preciso se atentar às exigências de mercados que se pretende atingir, como a certificação Halal, solicitada em países muçulmanos. Com ela, muitas portas se abrirão para a sua empresa.E então, o que achou do artigo? Este conteúdo foi útil para você? Se desejar saber mais sobre as vantagens da certificação Halal, clique aqui.

A CDIAL HALAL é referência Global em Certificação Halal e mantém parcerias estratégicas com Empresas de Alimentos de Classe Mundial. Parte relevante de seus investimentos é direcionada à preparação e Qualificação dos Colaboradores, Gestão da Qualidade, Segurança dos Alimentos, bem estar animal, além da constante ampliação da capacidade produtiva para atender as demandas de mercado.
Post criado 75

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
PortugueseEnglishSpanishArabic