Afinal, o que é Halal?

Afinal, o que é Halal?

Você já ouviu falar sobre produtos ou comida Halal? Esse termo já é um velho conhecido de quem exporta produtos para países muçulmanos. E é por isso que, se você deseja expandir a atuação de sua empresa e maximizar a sua lucratividade com exportações, precisa saber mais sobre esse conceito e estar atento ao crescimento do mercado Halal.

Pensando nisso, preparamos este artigo para ajudá-lo a compreender o que é Halal. Boa leitura!

O conceito de Halal

Antes de tudo, é importante entender o significado desse termo. Halal significa lícito, autorizado, ou seja, permitido ao consumo humano. Muito mais do que um simples conceito, é considerado, na religião islâmica, um código ético e moral, que reforça valores, incluindo regras de conduta, comportamentos, alimentação, bens de consumo e serviços.

Os alimentos Halal são aqueles permitidos por Deus para consumo. Isso porque, no Sagrado Alcorão, Deus ordena aos muçulmanos e a toda a humanidade ingerir somente eles.

Muitos pensam que esse conceito se limita à alimentação. Mas o segmento Halal inclui diversas categorias, como produtos químicos, farmacêuticos, cosméticos e até mesmo diferentes tipos de serviço. 

Os produtos Halal

Os produtos Halal são aqueles que utilizam matérias-primas, insumos e auxiliares de processo 100% Halal, ou seja, totalmente lícitos. Eles não podem conter componentes de origem suína ou álcool. Além disso, não afetam a saúde humana, seus processos de produção são realizados com transparência e a sua conduta comercial é justa e correta.

Isso faz com que o número de consumidores de produtos e serviços Halal não se restrinja aos muçulmanos. Afinal, atualmente, essa certificação é sinônimo de qualidade, saúde e manejo equilibrado dos recursos naturais.

Mas talvez você se pergunte: neste mundo globalizado, em que as produções são realizadas em grande escala, como é possível garantir que um produto seja, de fato, Halal? Para isso, existem instituições certificadoras que acompanham os procedimentos de produção.

Os alimentos e o abate Halal

Como vimos, comida Halal é aquela cujo consumo é permitido por Deus. É lícito ingerir, respeitando as Leis Islâmicas, todo o tipo de alimento que não contenha ingredientes proibidos e, quando são de origem animal, estes devem ter sido abatidos dentro dos procedimentos e normas ditadas pelo Alcorão Sagrado e pela Jurisprudência Islâmica.

Para que islâmicos possam se alimentar de frango ou carne bovina, o animal deve ter sido degolado com o corpo voltado à cidade sagrada de Meca, ainda vivo e pelas mãos de um muçulmano praticante, mentalmente sadio.

Existem equipamentos e utensílios próprios para o abate Halal que devem ser sempre usados para resultar em um abate lícito. Além disso, a faca utilizada na degola precisa estar bem afiada para garantir a morte instantânea do animal, evitando o seu sofrimento. 

Antes de cada abate, o degolador diz a frase “Em nome de Alá, o mais bondoso, o mais Misericordioso” como forma de mostrar obediência e gratidão pelo alimento, bem como reafirmar que não está realizando esse ato por crueldade.

Devem ser abatidos apenas animais saudáveis, aprovados pelas autoridades sanitárias e que estejam em perfeitas condições físicas.

O conceito de Haram

Por outro lado, existem alimentos considerados Haram — que significa ilícito ou proibido. Assim, o álcool e seus derivados, assim como a carne suína e seus derivados (incluindo a sua gordura), por exemplo, são proibidos ao consumo dos muçulmanos.

Além disso, um alimento ou produto Halal pode vir a se tornar Haram com a introdução de ingredientes não permitidos.

Para lembrar

Neste artigo, você compreendeu melhor o que é Halal, bem como alguns aspectos dos produtos e alimentos que são permitidos para o consumo de acordo com esse conceito. Além disso, entendeu a forma como ocorrem os abates de animais lícitos ao consumo dos muçulmanos.

Agora, o que acha de aproveitar a visita para saber mais sobre as categorias Halal? Boa leitura!

A CDIAL HALAL é referência Global em Certificação Halal e mantém parcerias estratégicas com Empresas de Alimentos de Classe Mundial. Parte relevante de seus investimentos é direcionada à preparação e Qualificação dos Colaboradores, Gestão da Qualidade, Segurança dos Alimentos, bem estar animal, além da constante ampliação da capacidade produtiva para atender as demandas de mercado.
Post criado 76

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
PortugueseEnglishSpanishArabic